Semana da Longevidade entra para o calendário oficial do município de São Paulo

Publicada no dia 12 de maio, lei é fruto de parceria entre vereadores e direção da Longevidade Expo+Fórum

Agora é oficial: a cidade de São Paulo passa a ter em seu calendário de eventos a Semana Municipal da Longevidade, iniciativa que visa debater temas de relevância para a população sênior nos mais diversos segmentos, como cultura, lazer, saúde, educação, legislação, promoção e assistência social, entre outros assuntos. A lei nº 17.949/2023 foi publicada no dia 12 de maio.

O projeto, de autoria dos vereadores Rodrigo Goulart, Daniel Annenberg, Eli Corrêa e George Hato, foi um pleito da presidência e direção da Longevidade Expo+Fórum, que há cinco edições busca debater e dar visibilidade à pauta da longevidade no Brasil. “O Fórum da Longevidade já é um evento consolidado em São Paulo, um encontro dedicado ao debate sobre as questões reais do envelhecimento e a participação produtiva da população madura em nossa sociedade. Trabalhamos muito nos últimos anos para instituir a data no calendário oficial de eventos da cidade, a fim de garantir ainda mais destaque para essa pauta tão relevante. Agradecemos aos nobres vereadores que ouviram nosso pedido e conseguiram essa importante conquista”, destaca o presidente da Longevidade Expo+Fórum, Walter Feldman.

A Semana Municipal da Longevidade ocorrerá anualmente na semana de 25 de setembro a 1º de outubro. Na ocasião, o poder público poderá buscar parcerias para a organização, divulgação e execução de eventos ligados ao tema, com o apoio de clubes de serviços, organizações sociais e assistenciais, organizações civis e comerciais, dentre outras entidades.

O empreendedor e Presidente da São Paulo Feiras, Francisco Santos, Francisco Santos, lembra que a legislação deve contribuir diretamente para a ampliação de informação e de políticas públicas ligadas ao tema.

O aumento da expectativa de vida é uma realidade no Brasil, bem como o processo de envelhecimento da população. Por isso, a promoção de uma vida longa e saudável precisa ser prioridade para governos e sociedade. Quando damos visibilidade ao tema, estimulamos a criação de políticas públicas que atendem esse grupo e, dessa forma, trabalhamos também itens essenciais para o desenvolvimento do país, como economia e saúde”, explica.

(Texto: a Longevidade Conteúdo by Longevidade / Imagens: Divulgação)

plugins premium WordPress